7 Cabelo ralo e fino: como cortar, lavar e modela - Barbados
Home / Barbas e Bigodes / Cabelo ralo e fino: como cortar, lavar e modela

Cabelo ralo e fino: como cortar, lavar e modela

Táticas fáceis ajudam a fazer o cabelo crescer e aparecer — pelo menos visualmente. A escolha do corte, a maneira de secar, o uso de cera em pó, por exemplo.

Já fizeram uma pesquisa perguntando para os homens se eles têm mais medo de broxar ou de ficar careca. Bem, dá para imaginar o que a maioria respondeu. Chegar aos 40, 50 anos, com a juba intacta é missão quase impossível, porque o cabelo masculino vai rareando com o tempo. Mas muitos caras já convivem muito cedo com os cabelos ralos. Ou têm os fios muito finos, difíceis de ajeitar do jeito que se quer. A quantidade e a espessura dos fios quase sempre têm fundo genético (a não ser quando há um distúrbio hormonal, o que é raro). Mas nem todo mundo precisa aceitar e viver feliz e resignado com a cabeleira minguada.

Vamos à luta, então. Algumas táticas fáceis de incorporar à rotina de cuidados pessoais ajudam a fazer o cabelo crescer e aparecer — pelo menos visualmente. A escolha do corte, a maneira de secar, o uso de cera em pó, por exemplo, são algumas das estratégias que a gente sugere para dar volume aos fios finos ou ralos e evitar aquele aspecto caído e pesado. Às armas!

EXPLORE O CORTE

Peça a opinião do cabeleireiro sobre estilos de corte que dão aspecto mais volumoso ao cabelo ou ajudam a disfarçar as áreas ralas. Se você costuma ir a uma barbearia ou a um salão masculino, tenha certeza de que os profissionais estão acostumados a essa demanda.

Cortar bem curto (ou radicalizar e raspar) é a solução mais fácil, já que quanto mais comprido o cabelo fica, mais ralo parece. Mas se você busca algo mais atual e elaborado, peça ideias. “Fica bacana aparar as laterais em degradê, com tesoura, e não com a máquina, e deixar o topo da cabeça alto, para dar sensação de volume”, diz a barbeira Juliana Felix, da Barbearia Corleone, de São Paulo (unidade Vila Olímpia).

Para os mais modernos, a opção é deixar a franja mais longa e jogá-la para a frente, diz Juliana. A barbeira sugere também o corte razor part, aquele em que o cabelo é repartido de lado com uma risca bem marcada. “Quem prefere um estilo menos ousado, pode deixar a franja mais curta”.

USE O XAMPU CERTO

Você sabe se seu cabelo é seco ou oleoso, certo? Quanto maior a oleosidade, mais os fios “encolhem” por causa da gordura. Por isso, muitos xampus masculinos contêm ativos que regulam a atividade das glândulas sebáceas do couro cabeludo, sem ressecar. Existem outros ainda mais específicos, os xampus de volume, que encorpam os fios e preenchem o espaço de ar entre eles, deixando a cabeleira mais cheia. Não é muito fácil achar aqui no Brasil nas farmácias e salões xampus de volume especificamente masculinos, mas há femininos de montão. Deixe o preconceito de lado e peça um help para escolher.

Juliana Felix, da Barbearia Corleone, indica também os xampus com ação fortificante e anticaspa. “Esses produtos contêm ativos que combatem a inflamação e contaminação do couro cabeludo por fungos, que contribuem para a queda do cabelo”, explica.

CAPRICHE NA LIMPEZA

Quanto mais engordurado o cabelo, mais pesado e com menos volume. A menos que ele seja extremamente seco, lave todo dia. A limpeza diária deixa o cabelo mais leve e livre de resíduos de poluição e oleosidade que obstruem os folículos capilares e contribuem para o processo de queda dos fios.

Excesso de lavagem e uso do xampu errado podem retirar a oleosidade saudável do seu cabelo. Uma alternativa é optar por um produto dois-em-um, que limpa e condiciona os fios, mesmo usado todo dia.

BAGUNCE A CABELEIRA

Quanto mais penteado e assentado estiver seu cabelo, mais os buracos e as áreas calvas ficam à mostra. O cabelo menos ajeitado e mais desfiado ajuda a tapar lugares “em branco”. Adote um estilo de penteado com movimento, mais jogado para todas as direções — o famoso “bagunçado” — e modele com os dedos, em vez de usar pente ou escova. Vale para cabelo liso ou cacheado.

MUDE DE MODELADOR

Avalie o tipo de finalizador — gel, pasta, pomada, cera — que costuma usar. Gel quase nunca é uma boa opção para modelar cabelo fino ou ralo, por causa do aspecto molhado. Pasta, pomada e cera têm mais opções de volume e efeito mate (sem brilho). Juliana Felix, da Barbearia Corleone, indica a cera em pó. “Ela é bem seca, não gruda nos fios e encorpa o cabelo fino”, explica. “Com o cabelo bem seco, aplique o pó diretamente nas raízes e espalhe bem, modelando com os dedos, pente ou escova.”

LIGUE O SECADOR

O aparelho não faz mágica, mas dá um bom volume aos cabelos finos. “Vá secando e ajeitando o cabelo ao mesmo tempo. Com os dedos, consegue-se um aspecto mais natural e com a escova um estilo mais arrumadinho”, explica Juliana Felix.

Qual sua nota para o artigo?

Sobre nimgram

Veja também

Conheça oito cuidados essenciais ao fazer a barba

Especialistas dão dicas, como aproveitar a saída do banho e usar loção pós-barba Pelo menos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *